Como Ser um Designer Gráfico Profissional e Nunca Mais Ficar Sem Clientes

Como ser um Designer Gráfico? Se você está pensando em iniciar sua carreira de Designer, essa é uma das primeiras perguntas que você deve estar se fazendo, não é verdade?

Essa é uma pergunta que provavelmente não sai da sua cabeça, não mesmo…

Se você deseja saber como ser um Designer Gráfico de Sucesso e começar sua carreira, deve estar se perguntando “em qual área devo começar meus estudos?”

Afinal de contas são tantas, sendo absolutamente normal ficar confuso…

Mas tenha calma, esse problema não é exclusivamente seu, não mesmo…

More...

Design de logotipos, Design de interiores, games, UX, Branding, design de produtos e muito mais…

… na verdade, a maioria dos alunos da Escola Design, e também todos aqueles que estão pensando em começar a estudar Design, se fazem essa mesma pergunta.

Independente da área que você escolha, hoje quero compartilhar com você como ser um Designer Gráfico experiente e conseguir sucesso na carreira em um ano ou menos.

Importante: Escolha apenas uma área, de preferência a que você mais gosta e se identifica, onde você possa se tornar um bom designer e ter boa remunerado.

Uma área que exista demanda para trabalhar de freelancer, e fácil de encontrar um bom emprego.

Não se apresse para tomar sua decisão, essa é uma escolha muito importante, deverá faze-la com “carinho”.

Como Ser Um Designer Gráfico?

Essa dúvida é mais comum do que você possa imaginar, mas hoje, você definitivamente saberá por onde começar e como se tornar um Designer admirado e desejado por criar trabalhos que vão deixar qualquer um de boca aberta.

Continue lendo esse post e ficará surpreso ao descobrir que tudo isso é possível.

como_ser_um_designer_grafico

Por Onde Começar na Carreira de Designer Gráfico?

95% por cento das pessoas para quem você fizer essa pergunta vão te aconselhar uma faculdade, o óbvio, e também o mais caro e demorado.

Na minha opinião a pior das opções, principalmente se você tem pouco tempo e busca uma fonte de renda extra através da profissão de Designer Gráfico.

Não tenho nada contra faculdades e suas graduações, longe disso, até porque todos os nossos professores lecionam em instituições renomadas, por exemplo, USP, UFRJ e tantas outras.

A faculdade é sim importante, mas não para ter resultados rápidos e conseguir uma fonte de renda extra.

No meu ponto de vista, se fosse começar hoje, do absoluto zero, não só na área de Design Gráfico, mas em qualquer outra, deixaria a faculdade para depois.

Por quê?

Porque a faculdade não se aprende o que se vive no “Campo de Batalha”, infelizmente é muita teoria e pouca prática.

Aqui na Escola Design preferimos contratar quem vive a realidade, do que quem tem apenas um diploma.

Leva muito tempo e trabalho, ensinando a prática para quem só tem um diploma.

Começando a Carreira de Designer Gráfico da Maneira Correta

A melhor maneira de se aprender algo de maneira rápida e obter resultados a curto prazo, é aprender com quem vive aquilo no seu dia a dia.

Com quem não só ensina, mas aquele que também pratica todos os dias, por exemplo, o nosso professor Certificado em Photoshop e After Effects, Marcos Cropalato.

Imagine que você queira aprender a pilotar um carro, uma Ferrari

Com quem você escolheria ter aulas teóricas e práticas? Fique a vontade para pensar o quanto quiser…

Uma auto escola ou com o Ayrton Senna?

Quer se tornar um Cirurgião?

A faculdade de medicina? Ou passar algum tempo ao lado de um dos melhores cirurgiões da atualidade, e participar de várias cirurgias ao seu lado?

Uma Faculdade de Design Gráfico? Ou alguns dias ao lado de nada mais nada menos do que Stefan Sagmeister (um dos maiores Designers na nossa opinião).

A escolha é sua…

Se você não conhece o Stefan Sagmeister ou alguns de seus amigos, não tenha medo de se juntar a nossa comunidade que já passa dos 7.327 alunos.

Nós podemos te ajudar e te ensinar passo a passo como começar no Design Gráfico, a Escola Design é perfeita para você.

Não Seja o Pato do Design Gráfico

Outro erro muito comum é o de se tornar o Designer Gráfico “self service”, e querer aprender e oferecer serviços em diversas áreas do Design ao mesmo tempo, por exemplo:

  • Design para social média
  • Branding
  • Design de produtos
  • Design de jogos
  • E outros

Esse é um erro fatal, 90% das pessoas que querem trabalhar na área de designer gráfico cometem esse erro.

Agindo dessa forma você acaba se tornando um profissional mediano em vários segmentos do Design, não tem um posicionamento e nem um diferencial, logo nunca será considerado um especialista.

Então nosso, conselho é:

Escolha apenas uma área, apenas um segmento, e foque nele, se torne o “cara” nesse segmento, e só depois, amplie seu campo de atuação se for do seu desejo.

Essa estratégia te traz diversos benefícios...

como ser um designer grafico

Criando Autoridade Como Designer Gráfico

A estratégia de escolher apenas um tópico dentro da área de Design Gráfico faz com que você seja considerado um especialista.

Alguém que trabalha em apenas um segmento específico, por exemplo, Design para social média ou Design de UX.

Vejamos uma analogia:

Na medicina existe o clínico geral, esse é o nosso “pato”, fazendo referência ao assunto do nosso post, (não quero denegrir a imagem do clínico geral, ele é super importante, mas se encaixa perfeitamente em nosso exemplo).

Ele não tem muita autoridade, pois, não é especialista em nenhuma área da medicina.

O clínico geral entende um pouco de várias áreas da medicina, logo não é considerado uma autoridade se comparado a um cardiologista, por exemplo.

Seu salário não é dos melhores diante da sua classe…

… Agora voltemos para nosso Designer “Self Servisse”, ele também não é considerado uma autoridade, pois, aqui ele é o nosso “Pato” faz de tudo um pouco, mas nada com um diferencial.

Já o cardiologista, ortopedista e pediatra, possuem autoridade, devido a sua especialidade em determinadas áreas da medicina.

Geralmente possuem consultório próprio e ganham relativamente bem se comparado ao clínico geral.

Posicionamento = Dinheiro no Bolso

A primeira coisa que você precisa saber sobre posicionamento é:  

Pouco importa você ou o seu negócio, mas sim, se seus clientes enxergam você ou o seu negócio!

A boa notícia é que você pode “manipular” a maneira de quw seus clientes enxergam você ou o seu negócio, bem no início da sua carreira de Designer Gráfico.

De nada adianta dizer que “sou o cara em Design de Produtos”, se o mundo lá fora sequer considera seu trabalho relevante no seu mercado de trabalho.

A estratégia de posicionamento ideal, é aquela onde a imagem que você deseja ter perante seu cliente é passada com clareza a ponto do seu público concordar com você no que diz a respeito de sua marca.

Sabe quando seu posicionamento no mercado está sendo bem-sucedido?

Quando seus clientes, potenciais consumidores, sabem exatamente aquilo que diferencia você dos demais Designers do mercado.

Posicionamento é a promessa na mente do consumidor.

Guarde esse simples conceito:

Posicionamento= Segmentação + Diferenciação

como ser um designer gráfico

Como Ser um Designer Gráfico de Sucesso — O Plano Perfeito

Vejamos um exemplo, você decidiu trabalhar na área de Designer de UX.

Se você não sabe o que é Design de UX , e muito menos o que um profissional que atua nessa área faz, é só acessar o blog do Gabriel Silvestri, lá você encontrará a sua resposta.

Essa é uma área que traz todos os benefícios citados acima, não é estressante e permite flexibilidade e não exige anos de aprendizado para absorver o conteúdo e trabalhar na área.

Você também não precisa fazer uma faculdade e esperar 5 anos para se tornar um bom profissional de Designer de UX .

Independente da área que você escolha uma coisa é certa, se você deseja ser um bom profissional de Design e alcançar o sucesso em um ano ou menos…

… você terá que ter bastante disciplina e persistência, estudar muito por conta própria e fazer alguns cursos na área.

Para conseguir ser um bom Designer e ter sucesso em um ano ou menos você precisa-rá de um plano para dominar os fundamentos do design rapidamente.

Uma versão muito simplista do plano é aprender os fundamentos do design, encontrar um emprego para obter experiência e continuar aperfeiçoando suas habilidades através de cursos intensivos.

Aqui estão os passos que você deve seguir:

1

Pesquisa e Preparação

Partindo do princípio que você já escolheu sua área de atuação e esteja começando do absoluto zero.


E quer saber como ser um designer gráfico de sucesso, a primeira coisa a fazer é estudar sobre o tema.


Mas isso é óbvio! Continuando... 

Você precisa saber 
o que é Design Gráfico, quais as últimas tendências e que área de atuação o mercado está buscando.


Você também pode e deve acompanhar blogs sobre sua área, no caso Design de UX.


Deve se inscrever nos boletins e seguir publicações relacionadas a UX.


Aqui estão alguns sites sobre Design Gráfico para referência:


  1. Designnerd
  2. Design Culture
  3. B9
  4. Criatives

Comece a ler alguns artigos por dia relacionados a design de UX para se familiarizar com a área e saber o que esse profissional faz, qual o seu trabalho e a sua rotina.

2

Se Profissionalize Com a Escola Design

Para que você possa se tornar rapidamente um bom Designer em uma determinada área você tem basicamente 3 opções:


  1. Fazer cursos intensivos que lhe oferece certificados. (isso é o que oferecemos)
  2. Pesquisar no Google e YouTube sobre o tema e estudar por conta própria
  3. Leia livros 

Recomendo focar em apenas uma opção, ou no máximo 2 para que você não fique confuso.


Pesquisar no Google e YouTube quando se quer aprender apenas um “truque” é uma ótima opção…


Mas quando se trata de se tornar um bom Designer, você precisará de algo a mais, precisará de um conteúdo organizado e passo a passo, sem ter que ficar perdendo tempo pesquisando pelo próximo tutorial.


Além do mais, o YouTube não oferece um certificado comprovando seu estudo na área. Um certificado certamente irá agregar mais valor ao seu currículo.


Recomendo que escolha a opção um, essa definitivamente é a melhor opção, não porque oferecemos ela, independente de você escolher estudar em nossa escola ou não, escolha a primeira opção.

Importante

Certifique-se de que o curso seja ministrado por alguém que vive e ensina sobre o tema no seu dia a dia, com um conteúdo focado no mercado de trabalho.

Por exemplo, aqui na Escola Design, todos os nossos professores além de lecionarem em grandes faculdades possuem experiência e atuam no mercado de trabalho.


Isso garantirá que você aprenderá o que o mercado exige e precisa.


Escolha um curso que além da teoria lhe forneça exercícios práticos (você também encontra aqui) baseado em projetos que são executados no dia a dia desse profissional.


Esses exercícios mais tarde poderão fazer parte do seu portfólio, agregando ainda mais valor ao seu curriculum.


Sem contar que você pode estudar de onde e quando quiser por se tratar de um curso online.


Você provavelmente entrará nesse curso intensivo sem saber nada, e em poucas semanas estará dominando os principais conceitos e ferramentas do mercado.

3

Se Posicionando e Conseguindo Seus Primeiros Clientes

Não adianta nada se tornar um expert em Designer se ninguém sabe que você existe, logo um bom portfólio, e saber divulgar seu trabalho nas redes sociais é fundamental, assunto que você também irá aprender aqui na Escola Design.


Você precisa se promover para conseguir clientes ou um emprego, por isso que costumo dizer que nossa formação em design gráfico é a mais completa do mercado.


Além de ensinarmos Design Gráfico, nós também ensinamos você a se promover e conseguir seus primeiros clientes.


Uma boa prática para se promover e conseguir clientes, é criar uma marca pessoal e logo em seguida descobrir em qual mídia social seus clientes estão.


Vejamos um exemplo, se você escolheu a área de produção de vídeo, provavelmente a maioria de seus futuros clientes estarão no YouTube, então é lá que você deve concentrar seu foco.


Crie vídeos, responda comentários, interaja com outros canais. Você também pode explorar grupos sobre o tema no Facebook e fazer a mesma estratégia.

4

Antes de Ser um Designer Gráfico de Sucesso Você Precisa Ser Generoso

Agora que você tem um certificado de design, identidade de marca pessoal, cartões de visita, presença em mídia social ativa e um portfólio composto por 100% de projetos estudantis…


Você precisará de adquirir experiência com trabalhos reais, clientes reais e projetos reais, isso se você deseja ter sucesso na área de designer.


Mas quem quer contratar um Designer sem experiência e Posicionamento no mercado de trabalho?

Pois é, ninguém.

Então o que você tem a fazer é…


… oferecer seu serviço gratuitamente, ao final de cada trabalho, peça um depoimento, se possível em vídeo ou um post no próprio Facebook, faça isso por um ou dois meses.

Atenção! Só peça o depoimento depois que o trabalho estiver acabado e entregue ao cliente, assim as chances dele negar são quase que nulas. 

Procure amigos ou pequenas empresas, essa estratégia é boa porque além de experiência profissional adquirida e aumento do seu portfólio, não haverá muita pressão por parte do cliente, afinal de contas é um serviço gratuito.

Mesmo sendo de graça faça o seu melhor, imagine que foi pago e muito bem pago, um cliente feliz sempre espalha seu trabalho para outras pessoas.


Já ouviu aquela expressão: “O melhor marketing é o de boca a boca.”

5

Se Você Quiser Ser um Designer de Sucesso Aprenda o Básico sobre HTML/CSS

Provavelmente seus projetos gratuitos envolveram somente projetos visuais, por exemplo, criação de logo, post para mídia social, isso é claro dependendo da sua área de atuação.

A medida que você se promove e ganha mais visibilidade, mais clientes você terá, isso inclui pequenas e médias empresas, nesse cenário é provável que você trabalhe com uma equipe.

Por exemplo, um projeto de identidade visual de um site requer um desenvolvedor, pois, é ele que vai aplicar a identidade visual criada pelo designer no site.

Nesse ponto você precisará entender de programação para solicitar ajustes e implementar de maneira adequada, a identidade visual criada e planejada por você.

Se você não sabe nada sobre HTML5/CSS além de estender o prazo de entrega, o site pode sair um pouco diferente do que você planejou…


… é exatamente por isso que também oferecemos mais esse curso em nossa Formação em Design Gráfico.

Você não precisa se tornar um expert no assunto, mas saber o básico vai facilitar o entendimento pelas duas partes, trazendo mais entrosamento e produtividade na criação do projeto.

Com o aprendizado da linguagem de programação HTML5/CSS muitas portas se abrem, em relação a criação de design digital e UX.


Você poderá criar a identidade visual sabendo orientar de maneira correta o desenvolvedor e solicitar correções se necessário.

6

Como se Tornar um Designer Ainda Mais Completo

Se você quer se destacar e se posicionar acima dos seus concorrentes em sua área de atuação, quanto mais conhecimento de assuntos relacionados você aprender, mais capacitado e preparado você estará.


Isso lhe permite cobrar mais pelo seu trabalho sendo reconhecido, admirado e desejado por clientes.

Então recomendo que você também aprenda um pouco sobre Java Script (você também encontra em nossa formação).


Aprender sobre essa linguagem de programação vai mudar completamente a sua forma de pensar sobre projetos digitais.

Caso você escolha trabalhar em algumas dessas áreas, por exemplo, Design Digital, você sempre estará ao lado de um desenvolvedor e precisará interagir com ele, entendendo suas necessidades e orientando da maneira correta.

7

Espalhe Sua Mensagem e Faça Network

Agora que você já tem mais conhecimento e experiência em projetos, o que lhe dá mais qualidade e confiança, pois, além de dominar o Design você tem noções básicas de programação. 

Sabendo disso uma ótima maneira de começar a promover seu trabalho é através de um blog.


Talvez você não se sinta confiante em criar artigos no início de sua carreira…


… mas agora que você já tem experiência, habilidades e autoridade em seu mercado, você vai se sentir muito mais seguro e terá muito mais conteúdo na hora escrever seus artigos e publicar em seu blog.

Quanto mais experiência e domínio sobre o assunto, mais ideias de conteúdo você terá.

Aproveite e faça network online, comente nos blogs do mesmo nicho, adicione links apontando para esses sites, e envie um e-mail falando sobre o post.


E talvez seu concorrente faça o mesmo por você, e compartilhar o artigo para sua audiência.

Networking online é importante, mas não há nada comparado a um evento presencial.


Sempre que houver algum evento em sua área de atuação, participe, além de aprender, você vai se juntar a grupos de pessoas que pensam e agem do mesmo modo que você...


... conhecerá profissionais que são referências no mercado e quem sabe fazer uma parceria de negócios.

8

Seu Primeiro Emprego Como Designer Gráfico

Quem sabe seu primeiro emprego venha de dessas conexões?


Desde que você se conecta com pessoas que estão na mesma área de atuação, ou em áreas que se completam, eles poderão te indicar devido ao seu excelente trabalho e relação pessoal.

Talvez sua primeira oportunidade de trabalho não seja uma das mais atraentes, salário  baixo e sem muitos trabalhos "atraentes", mas a medida que você mostra que é capaz, há sempre uma chance de crescer.

Outro ponto positivo de trabalhar em uma empresa é que você estará dentro de um projeto, nos “bastidores”, aprenderá a estrutura e todo o seu processo, trabalhando com uma equipe de profissionais.

Matricule-se Agora!

Todos os cursos possuem certificado de conclusão e podem agregar valor em seu currículo, fazendo você se diferenciar na hora de conquistar uma vaga de emprego.

9

Trabalhe Arduamente, se Dedique e Seja pró-ativo

Certamente você nunca saberá fazer tudo que a sua função lhe exige, mas é importante que você esteja disposto a aprender e demonstre interesse.

Seja determinado e faça perguntas, se possível estudo sobre a sua função no trabalho, aprenda.

Depois de algumas semanas você notará que não precisará de fazer tantas perguntas.

Busque formas de conseguir uma promoção, há diversas maneiras, uma delas é analisar um processo e/ou projeto, e elaborar um relatório de melhorias, mesmo que essa análise não faça parte da sua função.


Com um pouco de sorte você poderá conquistar uma promoção devido a sua iniciativa de executar um trabalho que nem era de sua responsabilidade.

10

Alcançando Novos Patamares

Nunca pare de aprender, mesmo que você já tenha sido promovido.


Continue fazendo cursos e aprenda com seus colegas de trabalho, eles sempre têm algo para nos ensinar.

Algum amigo de trabalho fez algo incrível? Aprenda com ele. Cometeu algum erro?


Anote e nunca mais o repita, aprenda com o erro e procure saber o porque, o motivo que te levou a esse evento.

Em outras palavras: aprender, aprender, aprender. Nunca pare de aprender.


A área de Design Gráfico está sempre mudando, seja com novas tecnologias ou tendências do mercado.


Querendo ou  não, se quer trabalhar na área de designer gráfico profissionalmente, precisará acompanhar essa evolução.


Você nunca saberá tudo, mas ao manter constante o seu aprendizado você estará a frente de 95% dos outros designers.

Muitas pessoas se acomodam e param no tempo, vivem reclamando e não fazem o que é preciso para crescer dentro de uma empresa ou mercado.

A última coisa que vou acrescentar a este ponto é que empresas, especialmente grandes organizações corporativas, não têm tempo para introduzir mudanças.


É um clichê, mas realmente: “seja a mudança que você quer ver”. 

Você pode fazer isso, procurando por mudanças que agregam valor aos processos da empresa, encontre falhas e oportunidades e ofereça uma solução.

Faça o melhor que você pode e será recompensado por isso.

11

Finalmente Você Poderá Conquistar Sua Promoção

… e finalmente você poderá conquistar sua promoção e atuar no cargo que você tanto almeja e alcançar seu objetivo e apenas 1 ano.

Nunca pare de aprender esteja sempre crescendo pessoalmente e profissionalmente todos os dias.

Se você está pensando em mudar de carreira ou começar um novo desafio, mas não tem certeza e está com medo. Não é fácil, mas você pode fazê-lo.


Basta acreditar em si, e ter um plano para alcançar seus objetivos!

Conclusão

Começar uma carreira de design gráfico sendo reconhecido e admirado pelo seu trabalho em 1 ano ou menos é perfeitamente possível, basta seguir os 11 passos mencionados nesse artigo, mas não é fácil.

Você terá que se dedicar a abrir mão de algumas coisas, mas se esse é seu sonho, porque não tentar?

Aplique os 11 passos e você também conseguirá, não é uma decisão fácil, principalmente se você tem uma família e um emprego estável, mas de que adianta tudo isso se você não gosta do que faz?

Basta planejar e colocar em prática.

E você? Pensa que é possível conseguir sucesso na área de Design Gráfico em um ano seguindo esses 11 passos? Deixe seu comentário abaixo com a sua opinião.

Não quer perder o próximo artigo? Basta se cadastrar aqui, e será um dos primeiros a ter acesso ao conteúdo.

Felipe Sousa
 

Filipe Souza é co-fundador e CEO da Escola Design. Quando ele não está planejando novas formas de criar cursos sobre Design Gráfico impressionantes ele gosta de passar seu tempo com sua família e amigos, acompanhado de uma boa cerveja artesanal e petiscos de boteco. Ele também é apaixonado por marketing digital e presta consultoria em suas horas vagas.

>